Mensagem Paroquial da Sé Velha

Mensagem Paroquial da Sé Velha

Versão para impressão

Mensagem aos paroquianos residentes e aos que vindo de fora se assumiram como tais, por opção sua.


Nos últimos meses as minhas condições de vida e de saúde foram muito alteradas. Não cumpri a norma a que me propus, de mensalmente vos dirigir uma mensagem sobre a SÉ VELHA e os acontecimentos que nos dizem respeito. Retomo agora para vos dar algumas de nós como comunidade viva.


Não somos muitos e os poucos que somos não aparecemos regularmente às assembleias dominicais e por isso o sentido de Comunidade não se tem fortalecido. Sentimo-nos compensados por alguns que vêm de longe e não falham. De facto, a Sé Velha é um centro que atrai muitas pessoas por motivos espirituais e culturais que se completam. Os participantes valorizam o que nela descobrem pelo ambiente rico de sugestões, de paz e de beleza artística.


Impõem-se-nos a prioridade e a perfeição do culto religioso e é para ele que repetimos os nossos apelos, pois é nele que se alimenta a nossa comunidade. Damos também o empenho na preparação de reuniões culturais com visitas atentas à simbologia cristã.


Os concertos musicais, do mais alto nível e de lotação esgotada, enchem de vida as arcadas românicas restauradas a rigor há cerca de 130 anos “in pristina forma”. Um pouco constrangido com aparência de uma actividade comercial, propomos a troca de um bilhete de entrada por um convite compensador. A dignidade da Igreja bem merece este tipo de atenção.


A quadra da Páscoa vem trazer-nos oportunidades variadas para nos integrarmos na alegria da Páscoa Cristã. O convite é para todos.


Mons. João Evangelista Ribeiro Jorge


Terça, 10 Março 2015 11:34