IGREJA DE HOJE: APELO À RENOVAÇÃO

IGREJA DE HOJE: APELO À RENOVAÇÃO

Versão para impressão

“ (…) Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades (…) todo o mundo é feito de mudança!”- É intemporal esta constatação que o século XV espalhou, movido pelo desenvolvimento verificado, então, na Ciência, evidenciando que nessa mudança será encontrado suporte e vigor para a continuidade e preservação dos valores que estruturam a sociedade.


Enquanto suporte deste devir a Sociedade passa, necessariamente, por fases de superação de escolhos e pela adequação de procedimentos face a objetivos otimizados. É Lei Universal que rege a própria natureza na superação de obstáculos. E o Homem não foge a esta lei, tal como as sociedades e qualquer raça ou credo.


Recentemente mereceu particular atenção das estruturas da Igreja católica, esta realidade e expressaram a urgência em intervir em consonância, dinamizando linhas de orientação e projetos superadores de condicionalismos que têm caraterizado as sociedades atuais que rumam para uma progressiva laicização e indiferença religiosa.


Na implicação e presença ativa dos crentes no seio da comunidade cristã, relevam a importância a dar à corresponsabilidade e partilha de esforços para intervir contra esta situação, partilhando a preocupação em divulgar a mensagem cristã: mensagem que não pode ficar marcada por mera transmissão oral, mas confirmada na prática, em exemplo de solidariedade, respeito e partilha para com Deus e para com o próximo, o que se tornará, pela autenticidade, gerador de empatia e favorável à adesão.


É na linha de orientação saída do Concílio Vaticano II, que esta vivência empenhada, fundamentada numa corresponsabilidade colegial de toda a comunidade cristã, no trabalho de divulgação e afirmação exemplar da Fé cristã, é assumida e apresentada pelo colégio episcopal e faz ouvir o apelo do Papa Francisco, numa diligente preocupação apostólica de tornar viva, entre a comunidade cristã a consciência de que o Concílio Vaticano II ainda está por cumprir e se apresenta, hoje, como um guia para o futuro: impõe-se uma urgente renovação da igreja de hoje.


Neste sentido, uma visão diacrónica e crítica tornará ...

Para ler o texto completo clique AQUI s.f.f.

Segunda, 04 Janeiro 2016 16:18