Mensagem Paroquial da Sé Velha

Mensagem Paroquial da Sé Velha

Versão para impressão

 

Caros amigos paroquianos


Saudações de muito afecto para vós e vossos familiares.


Nas celebrações deste tempo pascal, a alegria da ressurreição expressa nos aleluias dos encontros familiares e nas leituras que guardam as primeiras pregações e acontecimentos em que os apóstolos se aprimoraram cumprindo as palavras do Senhor “ Ide e ensinai todos os povos “, maravilhamo-nos com o número dos convertidos à Fé em todas as terras onde chegavam os discípulos de Jesus. Sentimo-nos mais seguros nas nossas convicções de fé e nas práticas religiosas.


Como foi possível que a Doutrina mais sublime da paz, do amor e da justiça, que despertou multidões de convertidos e crentes, possa ter despertado tantos ódios e tanta crueldade.


É esta a humanidade que recebemos de Deus e que Jesus Cristo assumiu inteiramente para a redimir e salvar.


A urgência da salvação mostra a importância da evangelização.


A Sé Velha, como muitas outras igrejas, é um empreendimento de amor onde tudo converge na revelação da Doutrina Cristã e na prática do Bem. As assembleias dominicais alimentam os corações de amor a Deus e de fraternidade. É para descobrir a riqueza do mistério divino que não nos cansamos de convidar os nossos amigos para participarem connosco nas assembleias dominicais.


Com o fim de alargar o nosso convite abrimos a iniciativa de se inscreverem, na paróquia, como paroquianos por apção. Já ultrapassamos os cem, mas a igreja leva mais.


Também, para chegar mais longe, dispomos de um site ( http://sevelha-coimbra.org/ ) que tem despertado grande procura, e estamos presentes nas redes socias ( facebook e twitter ) .


Os que veem de longe trazem um sentido missionário em relação à dignidade Catedralícia. Somos uma Igreja una.


Não damos crédito aos que julgam a Sé Velha uma instituição abandonada. Temos Fé. Santa Maria está connosco. E o próprio turismo sabe que é melhor acolhido com uma igreja viva do que uma igreja sem vida.


Mons. João Evangelista Ribeiro Jorge

Domingo, 03 Maio 2015 23:24