Sé Velha e Companhia de Jesus em festa

Sé Velha e Companhia de Jesus em festa

Versão para impressão

A razão da festa foi a missa nova do jovem Pedro Cameira, padre jesuíta de Coimbra que quis honrar a nossa Igreja mãe, a Catedral de Santa Maria de Coimbra.


A companhia de jesus, a Catedral de Coimbra e o seu bispo D. Miguel da Anunciação foram vítimas do mesmo poder político de meados do Séc. XVIII que expulsou e confiscou os bens da Companhia de Jesus, tentou anular a dignidade da Catedral e mandou prender o bispo sem processo nem julgamento. Liquidou o prestígio da Igreja e seus tesouros e lançou nela a divisão.


A festa do Pedro Cameira, Padre novo, foi tão esplendorosa e tão vivida por uma enorme multidão de amigos, jovens e crianças que encheram as três naves inteiramente. Cerca de 40 sacerdotes concelebraram, o coro aprimorou-se, as crianças, em grande número, cobriram de beijos o novo Sacerdote e os outros padres que rodeavam o altar no abraço da paz. Todos sentiram uma explosão de alegria quando romperam as palmas intermináveis, no fim.


A companhia de Jesus afinal está viva em Coimbra, a Sé Velha e Santa Maria retomaram a sua dignidade e a Igreja canta as glórias de Deus e a Paz entre os irmãos e os homens todos.


Mons. João Evangelista Ribeiro Jorge

Quinta, 10 Julho 2014 15:57