E DEPOIS...

E DEPOIS...

Versão para impressão

Como fora anunciado, celebrámos no passado dia 16 do corrente mês, a solenidade do aniversário da Sagração da Catedral de Coimbra com uma grande assembleia de fiéis e amigos da Sé Velha.


A participação do prestigiado coro D. Inês de Castro, dirigido pelo maestro Artur Pinho e acompanhado a órgão pelo organista Marcelo Rebelo encheram de harmonias e beleza a cerimónia litúrgica.


A bela imagem da Imaculada Conceição, de Frei Cipriano da Cruz, brilhava com novo brilho no seu altar Barroco também renovado. Tornou-se o centro das nossas atenções e da nossa devoção à padroeira Santa Maria de Coimbra.


Foram apresentados como novos membros do grupo de Guardiães da Sé os Doutores Manuel Augusto Rodrigues, Carlos Encarnação e o maestro Artur Pinho.


A cerimónia foi presidida pelo pároco Mons. João Evangelista que acentuou a importância do culto da Igreja mãe diocesana conhecido e praticado desde o século IV. Referindo-se à sagração da Sé Velha citou o documento do breviário em uso até ao Vaticano II que transcrevemos.


Não havendo nenhum “documento ou sinal com que a dedicação da Igreja estivesse patenteada, o Bispo Álvaro de São Boaventura, com o parecer dos seus cónegos, no dia 31 de Agosto de 1681, da era do Senhor, com ritual de grande solenidade consagrou-a em honra da Virgem Santa Maria e do Confessor Santo António de Lisboa. Mais tarde, o Bispo Manuel Correia, estando ela já afetada pelos anos e profundamente marcada por obras inadequadas, restaurou-lhe a forma primitiva. E, rodeado do colégio dos cónegos da Catedral, e de grande número de sacerdotes e religiosos de toda a Diocese, e na presença de gente nobre, do Reitor e do Senado da Academia de Coimbra, dos magistrados da Cidade e procuradores, e com a manifestação de uma enorme alegria do povo, no dia 4 de julho do ano de 1902, com um rito solene, fez inauguração do templo recuperado. E O Sumo Pontífice, Papa S. Pio X, por decreto, ordenou que a comemoração da Dedicação desta mesma Igreja deve ser celebrada, todos os anos, nesta data”


…Deus providenciará.

 


Quinta, 21 Novembro 2013 10:36