Com Fátima pelos caminhos da Fé

Com Fátima pelos caminhos da Fé

Versão para impressão

A jornada mariana que reuniu em Roma nos dias 12 e 13 de Outubro uma enorme multidão vinda de todos os confins da terra, convocada pelo Papa Francisco para louvar Maria e enaltecer a sua mensagem de Fátima foi um inolvidável acontecimento para a história da Igreja.

Foram convidados todos os santuários marianos para concelebrar com o Papa entre os quais nós, igreja Catedral velha de Coimbra como Santuário de Santa Maria Assunta desde o século XII. Fomos também convidados e não podíamos faltar.

O tema da jornada foi a mensagem de Fátima que teve como reforço, para a tornar mais viva, a presença da imagem de Maria que se venera na capelinha das aparições.

Várias vezes nos ocorreu à mente a expressão do nosso Cardeal Cerejeira, “não foi a Igreja que criou Fátima mas Fátima que se impôs à Igreja”. Agora tornou-se claro que Fátima é um acontecimento de referência que ultrapassou as fronteiras de Portugal e ganhou a Igreja inteira e o mundo inteiro. A edição especial do L'OSSERVATORIO ROMANO aparece com o título alterado para L'OSSERVATORIO DI FÁTIMA.

O Milagre do sol em 13 de Outubro de 1917 foi a resposta ao pedido de Lúcia “para que todos acreditem que nos aparecestes”. Foi um milagre preanunciado e capaz de afrontar os espíritos mais resistentes aos quais era oferecido um sinal com suficiente visibilidade: ver para crer.

Mil sacerdotes concelebraram com o Papa Francisco no dia 13 de Outubro perante uma multidão que enchia a Praça de S. Pedro e a Via della Conciliacione.

Da Diocese de Coimbra encontramo-nos 5 sacerdotes. Deixamos um pequeno texto sobre a Sé Velha na secretaria da organização das jornadas marianas do Papa Francisco (mais um enamorado de Fátima).

Que este ano da Fé, sirva de apoio ao começo duma verdadeiramente nova Evangelização com a bênção de Maria, a Senhora de Fátima.


Mons. João Evangelista Ribeiro Jorge

 


Quinta, 17 Outubro 2013 14:14