Estatísticas


Warning: Creating default object from empty value in /home/pontopo1/public_html/seVelha/modules/mod_stats/helper.php on line 106
Visualizações de conteúdos : 515085


 

igrejasevelha@gmail.com

239 825 273


Horário das Missas

Segunda a Sexta - 18 H

Sábado - 19 H

Domingo - 10 H


 

" Sé Velha, o lugar mais carregado de significado espiritual e eclesial em toda a nossa cidade e diocese de Coimbra. O facto de ter sido consagrada como Igreja Mãe e dedicada a Santa Maria de Coimbra sintetiza a teologia acerca da relação indissociável entre Maria e a Igreja, a Mulher e Mãe e o Povo de Deus ou Povo de Filhos. " (08/12/2015)


D. Virgílio do Nascimento Antunes, Bispo de Coimbra

 

Atendimento Paroquial (Cartório Paroquial)

De Segunda a Sexta, da 10 h - 12 h e das 14:30 h - 18:00 h, na Residência Paroquial.


SÉ VELHA no Facebook em https://www.facebook.com/SeVelha?fref=ts

e

https://www.facebook.com/groups/Se.Velha.Coimbra/

 

SÉ VELHA no Twitter em https://twitter.com/SeVelhaCoimbra


A Sé Velha é uma igreja aberta ao Culto e ao Turismo.
Nesta Catedral está sediada a comunidade paroquial católica de São Cristóvão, da Diocese de Coimbra, desde início do séc XIX, com a missão de zelar pela sua conservação e nela manter a prática do culto.
A Sé Velha de Coimbra é um dos edifícios em estilo românico mais importantes de Portugal.



 

Old Cathedral of Coimbra

Old Cathedral of Coimbra

Depoimento de um alto membro do Cabido da Sé de Coimbra

Depoimento de um alto membro do Cabido da Sé de Coimbra

PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail

“Penso que um dos maiores vexames e ofensas feitas à Igreja em Coimbra foi esta passagem da Sé Catedral de Santa Maria para a Sé Nova (...)”


No excelente trabalho que Mons. Aurélio de Campos acaba de publicar sobre o Seminário de Coimbra, onde recolhe primorosos documentos e informações que cobrem toda a história de 250 anos desta instituição tão amada e fecunda, inclui algumas notas pessoais que nos revelam a cultura e a sensibilidade do autor.


Registamos com o maior apreço uma dessas notas onde se refere ao abandono, à profanação deste lugar sagrado em fins do seculo XVIII e que se tem mantido, em tom mais discreto, sem líderes nem mentores à vista.


Refere então o Mons. Aurélio em primeira pessoa:

“Penso que um dos maiores vexames e ofensas feitas à Igreja em Coimbra foi esta passagem da Sé Catedral de Santa Maria para a Sé Nova e, ainda, o facto de a Sé Catedral de Santa Maria ter passado para posse da Santa Casa da Misericórdia e, depois, da Ordem Terceira de S. Francisco e, a partir de 1816, para a sede da paróquia de S. Cristóvão.”


Mons. João Evangelista Ribeiro Jorge


Sábado, 15 Novembro 2014 16:30