Estatísticas


Warning: Creating default object from empty value in /home/pontopo1/public_html/seVelha/modules/mod_stats/helper.php on line 106
Visualizações de conteúdos : 467576


 

igrejasevelha@gmail.com

239 825 273


Horário das Missas

Segunda a Sexta - 18 H

Sábado - 19 H

Domingo - 10 H


 

" Sé Velha, o lugar mais carregado de significado espiritual e eclesial em toda a nossa cidade e diocese de Coimbra. O facto de ter sido consagrada como Igreja Mãe e dedicada a Santa Maria de Coimbra sintetiza a teologia acerca da relação indissociável entre Maria e a Igreja, a Mulher e Mãe e o Povo de Deus ou Povo de Filhos. " (08/12/2015)


D. Virgílio do Nascimento Antunes, Bispo de Coimbra

 

Atendimento Paroquial (Cartório Paroquial)

De Segunda a Sexta, da 10 h - 12 h e das 14:30 h - 18:00 h, na Residência Paroquial.


SÉ VELHA no Facebook em https://www.facebook.com/SeVelha?fref=ts

e

https://www.facebook.com/groups/Se.Velha.Coimbra/

 

SÉ VELHA no Twitter em https://twitter.com/SeVelhaCoimbra


A Sé Velha é uma igreja aberta ao Culto e ao Turismo.
Nesta Catedral está sediada a comunidade paroquial católica de São Cristóvão, da Diocese de Coimbra, desde início do séc XIX, com a missão de zelar pela sua conservação e nela manter a prática do culto.
A Sé Velha de Coimbra é um dos edifícios em estilo românico mais importantes de Portugal.



 

Old Cathedral of Coimbra

Old Cathedral of Coimbra

MENSAGEM DO PÁROCO - Fevereiro de 2014

MENSAGEM DO PÁROCO - Fevereiro de 2014

PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail

Na caminhada comum da vida, ou ganhamos todos ou morreremos nas nossas ilusões.


Aos queridos paroquianos residentes ou por opção, aos amigos e irmãos na Fé, aos utentes, servidores e voluntários do Centro Social Paroquial e ainda a todos os colaboradores da nossa comunidade paroquial uma afectuosa saudação.


Em meados do mês passado, junto à nossa porta ao frio e à chuva aguardavam a sua vez de ser atendidos na habitual distribuição de bens alimentares, demos conta da presença de cerca de três dezenas de pessoas, algumas já conhecidas outras desconhecidas.


Convidadas a entrar para a nossa casa logo iniciámos uma animada conversação que muito nos aproximou. Foi uma bênção do Céu. Nesse dia os sacos iam mais enriquecidos e nós ficamos mais identificados com a missão da Igreja.


Somos na verdade um só povo. Precisamos muito mais uns dos outros do que supomos. Precisamos de nos encontrar mais vezes, aqui ou na igreja.


O amor não engana. Também mata a fome, cura as dores, alegra o coração.


Vinde todos, pobres ou ricos, sábios ou analfabetos, sós, abandonados ou em companhia, doentes, cansados da vida; Vinde todos à nascente das águas e reanimai-vos na Verdade.


Mons. João Evangelista Ribeiro Jorge

 


Segunda, 03 Fevereiro 2014 14:09